Agendar Demonstração

O Praxio Globus integra de forma leve e flexível as 4 grandes áreas da sua empresa de forma segura e com total controle de acessos:

Preencha o formulário abaixo e solicite uma demonstração.

Como reduzir custos com o abastecimento da frota

Assunto: Gestão de Frota

23/06/2017

O controle do abastecimento da frota é uma das grandes preocupações dos gestores, juntamente com a manutenção dos veículos e os cuidados com os pneus. A intenção de reduzir custos sem comprometer o desempenho da operação é um dos grandes desafios.

Uma prática bastante comum do mercado de transporte é investir na padronização e mapeamento dos processos e, após isso, programar ações corretivas com o intuito de melhorar o desempenho.

Uma alternativa bastante eficaz para automatizar estes processos são as ferramentas de gestão, que reduzem o retrabalho, minimizam a incidência de erros, dão um panorama completo das tarefas e ainda diminuem os custos através de um controle mais exato.

Se você é gestor de frota ou trabalha em empresas de transporte, especialmente do modal rodoviário, fique atento ao nosso artigo e descubra como reduzir os custos com o abastecimento da frota.

Foco total na operação

As ferramentas de gestão de frota possibilitam ter uma visão geral dos processos, detectando desta forma quais etapas do processo precisam ser adequadas, eliminadas ou mantidas. Esse diagnóstico propõe alcançar os melhores resultados, identificar os melhores motoristas, o desgaste de cada carro, o custo por km rodado entre outros dados importantes para reduzir custo.

Exemplo: Você tem um carro na garagem que vira e mexe está encostado fazendo manutenção, é bastante rodado e tem um aproveitamento insatisfatório relacionado ao custo do diesel/km. Será que é vantajoso manter esse carro na sua empresa? Ou mais lucrativo seria vendê-lo e comprar um novo?

Este exemplo acima mostra uma decisão que um gestor de frota deverá tomar, mas que manualmente, sem o controle absoluto e na correria do dia a dia pode passar batido.

Por isso, através das ferramentas de gestão de frota, o gestor tem a autonomia no planejamento de ações voltadas para melhorar o desempenho do automóvel e aperfeiçoar a conduta do motorista, para que ele não cometa nenhum tipo de imprudência que comprometa a qualidade dos serviços e aumente o consumo de combustível.

Redução dos custos

As ferramentas de gestão funcionam como os verdadeiros óculos para o gestor, sem ele a visão de toda a operação fica comprometida. Imagine juntar todos os custos referentes à gestão da frota em diversas planilhas? Como você faria para identificar o que precisa ser reduzido? Como você saberia se está redução não impactaria no desempenho dos resultados da sua empresa?

Através de uma ferramenta de gestão, fica bem mais fácil e assertivo identificar e controlar cada parcela das despesas de combustíveis. Quando um gestor sabe exatamente o quanto que ele gasta, é possível reduzir consideravelmente as despesas de cada veículo. Para saber quanto você pode economizar é preciso ter em mãos os seguintes dados:

  • O número de veículos da frota;
  • O consumo de combustível/Km isto é, quantos Km são percorridos por litro de combustível;
  • O preço do litro do combustível;
  • O percentual de redução de consumo.

De posse de todas essas informações é possível traçar a média de custo de cada viagem e estudar possibilidades de economia, o retorno de cada investimento, de cada operação.

A importância de relatórios

As tentativas de economizar precisam ser acompanhadas e nada melhor que fazer isso através de relatórios e gráficos de desempenho com dados qualitativos e quantitativos.

Mas qual a diferença entre os dados quantitativos e os qualitativos? A diferença é simples: qualitativo tem a ver com o performance do condutor durante a atividade, exemplo: se o motorista anda numa velocidade acima da permitida, além de multas vindas de possíveis radares de trânsito, há um desgaste maior de peças e um consumo extra de combustível. Já no que diz respeito as informações quantitativos refere-se ao grau de rendimento do combustível de acordo com o nível de conservação do veículo, exemplo: calibragem errada pode gerar um gasto maior de diesel.

O sistema de gestão de frota faz este relatório gerencial pra você, o que além de dar mais agilidade na sua rotina, permite encontrar onde os gastos estão aumentando, dando a possibilidade de ações imediatas.

Se a sua empresa está precisando de uma ajuda no processo de gestão de frota, conheça o Globus, o software especializado na gestão de frotas e de todos os departamentos das empresas de transporte.

Tags: ABASTECIMENTO, COMBUSTÍVEL, GESTÃO DE FROTAS, MANUTENÇÃO DA FROTA, PERFORMANCE

Últimas notícias