Agendar Demonstração

O Praxio Globus integra de forma leve e flexível as 4 grandes áreas da sua empresa de forma segura e com total controle de acessos:

Preencha o formulário abaixo e solicite uma demonstração.

Assunto: Notícias

16/10/2018

O cálculo da folha de pagamento é uma das atividades que mais consomem tempo e esforço dos profissionais de RH em qualquer empresa. Isso porque o cálculo é complexo e envolve muitas variáveis.

Além da complexidade, a folha é um documento que tem valor legal, sendo utilizado para prestação de contas previdenciárias e fiscalizações trabalhistas. Além de tudo isso, é claro que o cálculo dos salários precisa ser feito corretamente ou a empresa pode ter sérios prejuízos financeiros.

Com tudo isso em mente, fica fácil perceber que a otimização desse processo é uma necessidade de qualquer negócio. Veja 5 dicas para alcançar esse objetivo e agilizar o cálculo da folha de pagamento!

1. Registre corretamente as jornadas diárias

Se a sua empresa ainda conta com registro de ponto manual, é hora de deixar essa prática de lado. Os pontos manuais são passíveis de adulterações e são muito mais difíceis de serem coletados e utilizados no cálculo da folha de pagamento.

Portanto, a primeira atitude é migrar para um controle de ponto digital e automatizar o controle de jornada de trabalho. Fazendo isso, sua empresa ganhará em termos de economia de tempo e aumento da transparência.

2. Padronize cargos e salários

Uma empresa que paga diferentes salários para funcionários que desempenham a mesma função pode ser penalizada por isso. Além das consequências financeiras e o aspecto ético, a padronização de cargos e salários também contribui para agilizar o cálculo da folha de pagamento.

Ao estabelecer uma tabela de cargos e salários e as suas atribuições, você poderá calcular a folha de pagamento com mais assertividade. Além disso, terá maior facilidade em prever custos, realizar contratações e até mesmo para informar aos funcionários quais são as suas atribuições.

3. Controle todos os aspectos da remuneração dos funcionários

Uma boa gestão de folha de pagamento também significa que você terá mais controle sobre todos os aspectos da remuneração dos seus funcionários. Certifique-se de registrar adequadamente e controlar itens como:

  • centro de custos de cada funcionário;
  • benefícios, prêmios e remunerações esporádicas;
  • adicionais legais;
  • descontos;
  • volume de horas extras.

Ao fazer isso e manter tudo organizado e atualizado, você ainda terá uma melhor visão de como cada aspecto afeta a folha de pagamento e os custos de cada área da empresa.

4. Crie rotinas e processos eficazes

Qualquer colaborador da sua empresa que trabalhe com o cálculo da folha de pagamento precisa seguir o mesmo procedimento. Do contrário, o negócio estará dependente do conhecimento e dos hábitos de cada funcionário, o que pode gerar divergências.

Estabeleça um processo de cálculo de folha de pagamento e certifique-se de que todos os funcionários sigam os mesmos passos para chegar ao resultado. Determine, ainda, datas para a realização de cada uma das etapas para evitar atrasos e correrias.

5. Conte com um sistema digital de folha de pagamento

Por fim, é claro que todas essas atividades ficam mais fáceis se a sua empresa contar com um sistema online de folha de pagamento. Desde o registro de ponto até a emissão dos documentos, o envio de informações para o eSocial, enfim, todos os aspectos da folha de pagamento podem ser melhorados com uma ferramenta online.

Um sistema ajudará a sua empresa a automatizar as tarefas repetitivas e evitar erros comuns quando o cálculo é feito manualmente. Mesmo as planilhas não são suficientes para lidar com toda a complexidade da folha e podem gerar erros que serão difíceis de rastrear e corrigir.

Ou seja, assim como em outras atividades do negócio, a tecnologia pode ajudar também no cálculo da folha de pagamento. Tenha uma ferramenta digital eficiente e ganhe mais eficiência na sua empresa!

Quer ter uma ferramenta para ajudar na gestão do seu negócio mas ainda não sabe qual? Confira agora mesmo o artigo “Sistema para transportadora: ERP ou Gestor de frota?” e descubra a melhor opção para o seu negócio!

Últimas notícias