Agendar Demonstração

O Praxio Globus integra de forma leve e flexível as 4 grandes áreas da sua empresa de forma segura e com total controle de acessos:

Preencha o formulário abaixo e solicite uma demonstração.

Faturamento de transporte: Como controlar e reduzir os custos do frete?

Assunto: Notícias

06/04/2018

O processo de faturamento de transporte tem se tornado cada vez mais crucial para as empresas. Ter o controle sobre tudo o que é cobrado é fundamental para o sucesso do negócio. Principalmente, se levarmos em conta um cenário em que os preços de manutenção, salários, combustíveis e outras despesas administrativas estão oscilando consideravelmente.

Diante de tantas variáveis, as empresas do setor têm enfrentado impactos significativos nos seus faturamentos. De acordo com pesquisa realizada pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC & Logística), em parceria com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), 62% das empresas pesquisadas apresentaram queda no faturamento em 2017.

Como as tarifas de frete estão se tornando cada vez mais complexas, é muito comum as transportadoras cometerem erros durante o faturamento. Para evitar situações como essa, é importante que se utilize ferramentas para garantir que a transportadora seja realmente paga após faturar um frete 100% preciso e contabilizado.

A seguir, compreenda melhor sobre como é possível ter controle e ainda obter redução dos custos do frete. Acompanhe.

A complexidade no faturamento de transporte

Um dos fatores que levam a operação no setor de transportes ser tão complexa é o grande número de taxas, descontos, impostos, índices e cobranças acessórias. Muitas vezes, as transportadoras não percebem que um cálculo de má qualidade no frete resulta na ausência de cobrança dos serviços prestados. A consequência disso, é um impacto negativo na receita da empresa.

Alguns desses erros de faturamento de transporte são fáceis de detectar, outros são mais difíceis e, muitas vezes, acarretam não apenas a perda de lucros, mas também de clientes. Isso se torna ainda mais perigoso para aquelas empresas com alto volume de transportes.

Esse é um setor competitivo, e os clientes estão buscando as melhores ofertas de preços em um esforço para melhorar suas próprias atividades de vendas. Por isso, é preciso desenvolver soluções para tornar o faturamento de transporte mais efetivo, integrar diferentes departamentos, reduzir os custos e se manter à frente da concorrência.

Como os softwares de gestão podem auxiliar no controle do faturamento de transporte?

O principal requisito para tornar a empresa mais lucrativa é minimizar a complexidade nos processos de faturamento. Muitas transportadoras ainda trabalham de forma manual, ou seja, o setor financeiro recebe os dados de uma ordem de serviço e insere manualmente as informações em seus controles para futuras emissões de boletos de pagamento. Nesse processo frágil e pouco seguro, as chances de se perder dinheiro é grande.

Para se evitar esse problema, há no mercado softwares de gestão, soluções inteligentes que integram diversas áreas da empresa em um mesmo sistema. Isso inclui informações dos setores de vendas, marketing, compras, contratos, gerenciamento de armazéns e dados de clientes.

Com um software integrado, é possível lidar com deficiências operacionais e melhorar a inteligência de negócios para obter maior sucesso operacional e, por consequência, maiores lucros. Ao usá-lo, os membros da sua equipe terão maior produtividade, gastando menos tempo no cálculo e preenchimento de formulários, cotações e propostas.

A solução Globus

Desenvolvido pela BgmRodotec, o Globus é um software de gestão especializado em empresas de transporte rodoviário. Ele conta com 40 módulos que integram informações de diversos departamentos de uma empresa, como operações, logística, financeiro, fiscal, comercial e administrativo.

O sistema permite maior produtividade, aumentando o controle e a padronização de processos, eliminando erros e retrabalho. A administração facilitada do consumo, de gastos e outros custos reduz os riscos na hora de calcular o frete final.

Além da segurança e velocidade de processamento, a sua implantação dispensa grande infraestrutura, equipe de TI ou compra de licenças de software. O uso de sistemas como o Globus, permite uma gestão mais ágil e competitiva, em sintonia com o que o mercado exige atualmente das empresas de transporte.

 

E você, tem enfrentado desafios para fazer o controle de faturamento de transporte? Já conhecia a solução da BgmRodotec? Gostaria de experimentar um sistema de gestão integrada que tem entre suas funções um módulo para faturamento dos seus fretes? Clique aqui para agendar uma demonstração e resolver esse problema em sua empresa!

Tags: GESTÃO FINANCEIRA