Agendar Demonstração

O Praxio Globus integra de forma leve e flexível as 4 grandes áreas da sua empresa de forma segura e com total controle de acessos:

Preencha o formulário abaixo e solicite uma demonstração.

Assunto: Gestão de Frota

16/02/2017

Controlar de forma exata todos os gastos de uma frota de veículos pode parecer algo simples, mas na realidade não é. Um exemplo bem comum são os pátios das empresas de transporte que abrigam caminhões com idades variadas, é normal que caminhões com idades superiores tenham um custo elevado com manutenção quando comparado com modelos mais recentes.

Por isso, é tão importante que os gestores de transporte utilizem métodos práticos que ajudem a controlar e reduzir os valores empregados na manutenção de cada veículo para manter a empresa lucrativa. Confira a seguir 8 dicas que prometem economizar muitas cifras com a manutenção da sua frota.

1 – Treine bem seus motoristas

O investimento na capacitação dos funcionários pode garantir um trabalho de alta qualidade, além de economia para o bolso do empresário. Por isso é importante que a empresa adote padrões de desempenho e segurança e oriente a sua equipe. No caso específico dos motoristas, a conscientização da boa conduta no trânsito evita acidentes e multas que viram cifras e mais cifras para a companhia. Vale lembrar que é interessante investir em treinamentos de reciclagem, para manter as informações sempre atualizadas.

2 – Conscientize seus funcionários sobre as boas práticas

Quando os motoristas fazem acelerações ou desacelerações bruscas ocorre um maior consumo de combustível e o desgaste nos pneus aumenta, assim como outras peças do veículo.  Manter o veículo a uma velocidade de 80 km/h, constantemente, ajuda a economizar consideravelmente o consumo de combustível. Respeitar as indicações de limites de velocidade das pistas e rodovias previne a empresa de receber multas e contribui para a segurança dos condutores. Também vale considerar que para um aumento de 10% na velocidade, o consumo de combustível aumenta em 15%.

Assista o vídeo: Você já fez as contas de quanto combustível sua empresa pode estar desperdiçando?

3 – Fique atento ao calendário das manutenções preventivas

É importante atentar para as datas mais aconselhadas para trocar componentes que possam apresentar desgaste acentuado, como bateria, filtros, sistema de escapamento, pneus entre outras. Os níveis de água e de óleo precisam ser verificados regularmente. É fundamental realizar manutenções preventivas para garantir significativa redução de custos, além do bom funcionamento do veículo e segurança para os motoristas. Além de evitar surpresas como quebras de carros em situações extremas que podem acarretar atraso das operações ou entregas.

4 – Faça a calibragem correta dos pneus

A calibragem dos pneus com a pressão de ar adequada é uma prática que precisa ser feita com regularidade. Isso garante a vida útil dos pneus por um maior período de tempo, adiando a obrigação de substituir por novos, além de diminuir bastante os custos com combustível. É preciso avaliar a pressão dos pneus, pelo menos uma vez por semana. Mas não é adequado enchê-los mais do que o indicado pelo fabricante, pois a pressão em excesso nos pneus pode gerar desgaste no seu centro e acabar prejudicando a aderência da banda de rolagem durante a condução. É importante lembrar que existem diversas solicitações de carga e que a pressão de ar deve ser diferente para cada uma delas.

Leia mais em: Controle de pneus ajuda a economizar na manutenção da frota

5 – Utilize corretamente as marchas do veículo

O uso adequado do câmbio proporciona mais segurança para o condutor e também para a carga que está sendo transportada, sem falar que ajuda a economizar combustível. Em estradas, com a velocidade regular, é indicado que seja utilizada a marcha mais alta possível, pois as rotações do motor serão mais baixas, resultando em um menor gasto de combustível e uma melhor performance. Nas descidas mais inclinadas, não se deve deixar o câmbio no ponto morto, desça com a segunda marcha engatada, a não ser que a ladeira seja muito íngreme, pois nesses casos deve-se descer em primeira marcha e com bastante cautela.

6 – Pesquise os melhores preços de combustível

Os preços de combustíveis sofrem alterações com bastante frequência, portanto, é necessário realizar pesquisas no mercado. Faça orçamentos entre as empresas que estão ao seu redor, identifique aquelas que oferecem os melhores benefícios para o seu negócio e faça parcerias de médio e longo prazo. Algumas empresas têm o habito dar descontos e vantagens de fidelização para clientes, esteja atento a isso. Com algumas medidas simples, você poderá reduzir significativamente os gastos que sua frota tem a cada mês.

7 – Otimize as rotas

Para uma empresa que possui uma frota de veículos é essencial fazer uma análise apropriada de todas as rotas possíveis para chegar aos endereços de destino. Por isso, é importante planejar cuidadosamente os trajetos para os veículos, verificando e testando as melhores rotas, levando em consideração fatores como condições das estradas, existência de pedágios, prazo disponível para chegada do veículo no destino, locais para o descanso obrigatório dos motoristas – para o caso de serem caminhoneiros -, volume de tráfego das vias, impedimento de circulação para veículos pesados, entre outros.

8 – Utilize um software de gestão de frotas

Realizar a gestão da frota através de planilhas ou até mesmo utilizando sistemas de diversas naturezas pode ser algo bastante complicado se analisarmos a quantidade de decisões diárias que uma empresa de transporte precisa tomar. Por isso, é importante que você busque no mercado softwares que funcionam de forma totalmente integrada e consigam unir, por exemplo, as informações da sua garagem, com o setor de estoque, compras e contas a pagar. Isso fará com que você garanta mais dinamismo nas suas atividades, pois as informações circularam de forma organizada, impedindo compras desnecessárias de peças que já tinham no seu estoque além do controle exato do que foi pago e para qual fornecedor. Tudo de forma detalhada permitindo um controle exato e eficiente.

Quer saber como podemos ajudar a sua empresa a controlar melhor os gastos com a manutenção? Conheça melhor o software Globus ou agende uma Demonstração

Tags: DICAS DE GESTÃO, MANUTENÇÃO DA FROTA